Manutenção em deck de madeira

Com um deck de madeira Ipê ou Cumaru, todo lugar fica muito mais glamouroso, confortável e acolhedor. Esses são os melhores tipos de madeira para a confecção de um deck e isso por várias razões, inclusive a sua durabilidade: ainda que estejam sujeitas às intempéries do tempo, como chuva, elas não se deterioram com facilidade.

A beleza singular desse tipo de deck também chama a atenção de qualquer um: usando Ipê ou Cumaru, o deck de madeira ganha uma aparência muito sofisticada, sendo possível perceber à primeira vista que se trata de algo de qualidade.

Para que essas importantes características dessas madeiras sejam preservadas, a manutenção frequente é indispensável. Porém, mais que isso: é fundamental saber como conservar adequadamente tanto a madeira Ipê quanto a Cumaru, garantindo que elas continuem com o mesmo brilho e durando por muitos anos.

Se você tem um deck de madeira ou está flertando com a construção de um espaço desse na sua casa, descubra agora como fazer a manutenção e assegurar que o lugar continue com boa aparência e elevada qualidade por mais tempo.

Crostas – devem ser retiradas o quanto antes

É muito importante não deixar que as crostas de sujeira se formem no seu deck de madeira, pois isso ofusca todo o brilho e beleza dessa peça. No entanto, se elas se formaram, será preciso usar uma lavadora de alta pressão para eliminá-las, coisa que não pode ser feita apenas esfregando.

Para não deixar que as crostas de sujeira apareçam, é necessário higienizar o deck de madeira toda semana. Com relação às lavadoras de alta pressão, elas podem ser alugadas em empresas especializadas, mas é recomendado que quem aposta em um deck de madeira tente adquirir a sua própria lavadora quando possível, pois ela facilita muito a sua higienização.

Clareador de madeira faz com que esta pareça nova

Mesmo que as madeiras Ipê e Cumaru sejam usadas para fazer o deck, é claro que elas podem escurecer com o tempo por causa das intempéries do tempo, da circulação de pessoas e animais sobre elas, etc.

Destaca-se que isso acontece mesmo quando se higieniza o deck sempre: grande parte das sujeiras só é retirada com a lavadora de alta pressão e, mesmo assim, as manchas escuras ainda podem permanecer.

Entretanto, há uma solução para que o deck de madeira pareça novo mais uma vez: é só apostar em um clareador de madeira. O produto é vendido em lojas de arquitetura, de decoração e de construção e é muito importante informar ao vendedor o tipo de madeira do deck: assim, ele indicará o clareador que proporcionará mais efeito.

Não existe uma forma única de usar o clareador de madeira: cada fabricante dá as suas próprias instruções e deve-se sempre consultá-las na embalagem antes de aplicar. Em todos os casos, no entanto, é obrigatório já ter limpado o deck antes de colocar o clareador.

Não optar por vassoura dura

Varrer o deck de madeira é uma forma bem simples de mantê-lo limpo sem muito esforço. É a forma ideal de limpar um deck quando há poeira, folhas secas e outro tipo de sujeira, mas existe um detalhe: essa limpeza não deve ser feita com vassouras de cerda dura, como piaçava.

Esse tipo de cerda tem a capacidade de riscar a madeira do deck, sobretudo se ela tiver uma tonalidade mais clara. Por isso, a opção correta é usar vassoura macia, que pode estar seca ou molhada.

Quem preferir pode fazer uma mistura de água com sabão em pó e passar no deck apenas para tirar sujeiras mais intensas, como gordura ou suor. Porém, novamente, a escova usada para isso deve ser a de cerda macia.

Verniz é a melhor solução para um deck opaco

Toda madeira, por maior qualidade que tenha, perde o seu brilho ao longo dos anos. Mais uma vez, uma das causas é a mudança do tempo: recebendo raios de sol e chuva frequentemente, é claro que a madeira perde um pouco do brilho tradicional.

Tratando-se de um deck, essa perda é facilitada também pelo fato de muita gente transitar sobre essa madeira, com sapatos de diferentes tipos ou até com os pés suados. Nos casos em que se percebe que o brilho do deck de madeira se apagou, a solução é aplicar verniz.

Antes de fazer isso, entretanto, é fundamental retirar o verniz anterior para que o brilho seja mesmo recuperado e a melhor opção é usar uma lixa. Existem folhas de lixas que podem ser adquiridas em casas de construção e basta esfregá-las sobre todo o deck para que a camada anterior de verniz seja removida.

Para a aplicação da camada nova, será necessário apenas um pincel. No entanto, recomenda-se consultar os rótulos dos vernizes para ter certeza de que eles são os mais indicados para o tipo de madeira do deck.

Cor do verniz – é preciso ficar atento

Alguns vernizes podem ter um pouco de coloração, o que altera o resultado da manutenção do deck de madeira. Na realidade, o que muda é o visual final do deck: quando o verniz é mais escuro, é claro que ele deixará a madeira Ipê ou Cumaru mais escuro.

Por isso, quem tem preferência por deck de madeira mais clara para combinar com a construção ou com os móveis, deve-se prestar muita atenção à cor que se dê no rótulo do verniz. Para diminuir as possibilidades de erro, pode-se tirar uma foto do deck e mostrá-la ao atendente da loja de material de construção.

Por outro lado, quem quiser mesmo um deck de madeira de cor mais encorpada pode apostar em duas demãos de verniz. No entanto, é muito importante ter certeza de que a primeira demão realmente está seca porque, caso ainda não esteja, pode-se ficar com uma camada muito grossa de produto sobre a madeira.

A validade do verniz sobre o deck de madeira varia bastante: quanto menos ele é limpo e quanto mais pessoas circulam pelo local, mais facilmente o verniz sofrerá as avarias.